Região

Exército sinaliza que irá aceitar proposta de duplicação de trecho da BR-116

Dnit trabalha na rescisão do contrato com empreiteira que está em recuperação judicial
11/07/2018 - 11h:38min - Fonte: Jocimar Farina/Gaúcha ZH

Dois meses depois de ter recebido a proposta do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para ficar responsável pela duplicação de 50 quilômetros da BR-116, em Guaíba, o Exército já sinalizou aos técnicos da autarquia que irá aceitar o convite. 

O Comando Militar do Sul está concluindo a análise técnica. Posteriormente irá fazer o seu orçamento e apresentar ao Dnit. Porém, nada irá ocorrer antes da rescisão do contrato com a empresa que executava a obra. A expectativa anterior previa que as obras pudessem ser retomadas em julho. Hoje, a tendência é que isso ocorra até o fim do ano.

- Nós já estamos trabalhando nessa questão da rescisão contratual - informa o superintendente do Dnit no Rio Grande do Sul, engenheiro Allan Magalhães Machado.  

A duplicação do trecho entre Guaíba e Barra do Ribeiro, entre os lotes 1 e 2, era de responsabilidade da construtora Constran. Como está em recuperação judicial, a empresa não tem conseguido obter o seguro garantia para retomar o contrato com o Dnit. 

As obras no lote 1 estão paradas há um ano e meio. Iniciados em maio de 2013, 62% dos serviços previstos na área foram finalizados. Ainda faltam concluir o viaduto de Barra do Ribeiro, a travessia urbana de Guaíba e a pavimentação de 24 quilômetros. 

Já os trabalhos no lote 2 estão paralisados desde o começo de 2016. No local, 70% do serviço foi realizado — resta, ainda, a terraplenagem e a pavimentação de todo lote.

deixe seu comentário