Mundo Animal

Bugio faz “tour” por bairros de Camaquã

Patram explica que fato é normal e pede para população não maltratar animal
13/03/2018 - 15h:20min - Fonte:

Um bugio solto pela cidade chamou a atenção dos camaquenses nesta semana. No sábado (10) o animal foi visto nas imediações do Sesc. No domingo (11) ele foi encontrado no entorno da rodoviária municipal e na segunda-feira (12) no bairro Vila Nova.

Moradores da Rua Coronel Boa Ventura Soares registraram vídeos e fotos do macaco. Segundo o soldado Israel Cardoso Queiroz, da Patrulha Ambiental (Patram) de Camaquã, este é um fato comum. “Provavelmente esse bugio é um jovem expulso do bando pelo macho dominante. Ele está em busca de abrigo e alimento”, explica.


O soldado afirma que o animal não está doente nem apresenta qualquer risco à população. “A única coisa que pode acontecer é ele se estressar e morder alguém, pois é silvestre. Mas isso não aconteceu. Se acontecesse e ele estivesse infectado, poderia transmitir raiva. Mas os bugios não são vetores deste vírus e muito menos da febre amarela”, acrescenta Queiroz.

A Patram foi até o local para capturar o animal, mas ele já se abrigou em um ponto arborizado próximo à Vila Nova. Caso outros animais silvestres sejam vistos pela cidade, o pelotão deve ser comunicado através do (51) 3671-4288.

Abusar, maltratar, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos é crime ambiental. A pena é de detenção de três meses a um ano e multa. A punição aumenta se ocorrer a morte do animal.

Confira os canais de denúncia:

Linha Verde Canal do IBAMA: 0800 61 80 80

Corpo de Bombeiros: 193

Polícia Militar: 190

Disque Meio Ambiente: 0800 11 35 60

deixe seu comentário